Atualmente, a ciência da nutrição vem ganhando cada vez mais espaço, pois estudos mais avançados só comprovam que os nutrientes que ingerimos no dia-a-dia apresentam efeito direto em nosso material genético.

Por Dr. Rogério Oliveira

Portanto, nossas escolhas alimentares refletem diretamente em nossa qualidade de vida, por exemplo: o excesso de carboidratos simples e refinados aumentam a gordura abdominal, diabetes tipo 2, doença de Parkinson, entre tantos outros casos que podemos citar.

Utilizamos a nutrição não apenas para prevenir e combater doenças, como é o caso da obesidade, hipertensão arterial e osteoporose, mas também para melhora de performance no esporte.

Infelizmente, na correria diária, pessoas esquecem a qualidade dos alimentos, baseando-se apenas na agilidade, optando por fast-foods, salgadinhos, biscoitos, bolachas, entre outras opções nada saudáveis e nutritivas (esse tipo de atitude nos trouxe à epidemia de obesidade e doenças metabólicas que vivemos).  Ou então, ainda é muito comum aqueles que praticam algum esporte se entupirem de suplementos dietéticos, visando aumento de massa magra e melhora de performance, quando na verdade esse terá apenas o papel de fornecer ao indivíduo aquilo que o alimento não será capaz.

Mas afinal, o que é fazer dieta?

Fazer dieta é planejamento e organização nutricional, tanto qualitativa como quantitativa, com horários estabelecidos, pesagem dos alimentos, suplementos dietéticos e fitoterápicos quando necessários, tudo visando a individualidade biológica de cada um.

Dr. Rogério Oliveira

Dr. Rogério de Oliveira é Nutricionista clínico e esportivo na Clínica Guilherme Corradi.

Membro da International Society Of Sports Nutrition e também da Associação Brasileira de Nutrição Esportiva.


Bespoke.Life

*
 

redes sociais