A Bespoke Life sugere um roteiro inesperado e surpreendente: Capetown oferece a mistura das culturas africana e inglesa e uma região de vinhos que é imperdível. Ainda dá para esticar a viagem até Moçambique e deliciar-se em cabanas com vista para o mar

Um destino incrível, com um dos hotéis mais românticos e passeios de tirar o fôlego. Assim é esse roteiro sugerido pela Bespoke Life: “não é uma mistura comum, já que os dois destinos não são assim tão perto um do outro. Mas dá para fazer uma viagem que junte o ar mais cosmopolita de Capetown e o romantismo de Moçambique”, explica Marcia Primo Costa, fundadora da empresa que, entre outros serviços, monta roteiros exclusivíssimos e super personalizados de viagem.

Em Capetown, o destino é de veraneio: “muitos artistas têm casa de férias lá”, conta Marcia. Para os safáris, a melhor época é de julho a setembro, pois a vegetação está mais baixa e há muitos nascimentos acontecendo! Quem estiver buscando algo mais intimista e gourmet pode aproveitar Stellenbosh, a região dos vinhos, com a cidade de mesmo nome que é um charme: “além das vinícolas, há muitos bons lugares para almoçar, boulangeries e casa de família que recebem os visitantes com alimentos recém colhidos, balcões de frios. E há lugares vendendo alimentos, produtos locais e lembranças”, conta Marcia.

Quem quiser incrementar a viagem e deixa-la ainda mais romântica pode passar alguns dias em Moçambique: “dá para fazer também as duas viagens separadas, claro, são destinos diferentes e com muitas atrações”, lembra a gestora. Para Marcia, em Moçambique está um dos destinos mais românticos do mundo: “o Hotel Azura, na ilha de Quilalea, com seus bangalôs à beira mar é inesquecível”, revela. A ida é de helicóptero, o que já deixa a chegada mais especial: “o luxo misturado ao ambiente natural é imperdível. Dá para realizar tratamentos de beleza, jantar na beira da praia ou em meio barco preparado de forma luxuosa para o casal”, conta.

Bespoke.Life

*
 

redes sociais