O conceito do luxo tem sido deturpado nos últimos tempos. De sinônimo de "coisa cara" a um universo de glamour e de exclusividade, há quem afirme que luxo é ter tempo. Será que é isso? Vamos entender melhor.

Por Fabiano Mazzei

O que é luxo para você? O que mais tenho ouvido por aí é que o termo, hoje, define poder ter tempo para os prazeres da vida: ter mais momentos em família, viajar com os amigos, se dedicar a uma temporada de estudos, enfim. É bem verdade que a dinâmica da vida moderna nos tem mantido acelerados. A busca pelo sucesso profissional, muitas vezes de forma obsessiva, consome aquilo que tem se tornado um bem cada vez mais raro e precioso: o tempo.

Mas, se me permite, vou discordar deste pensamento. Luxo não é ter tempo, tampouco ter mais controle sobre ele. Isso se chama organização. Métodos conscientes, disciplinas implantadas, limites estabelecidos e, voilá, eis que o tempo extra surgirá. Então, ter mais tempo para usufruir de momentos essenciais é algo que necessita, prioritariamente, de melhor administração da sua agenda de compromissos. Para muitos, esta já é uma missão quase impossível. Contudo, já existem empresas especializadas nesta condução de afazeres e realização de tarefas, como é o caso da Bespoke Life, onde aqui estamos. Um time de experts capazes de ajustar demandas do dia a dia, organizar a casa, festas e viagens, e até comprar presentes para entes queridos nas datas certas. Portanto, tempo é organização. O luxo é outra coisa...

Esta coluna pretende discutir o mercado de luxo e suas variáveis: dos negócios ao lifestyle, do consumo ao comportamento, da comunicação e do que podemos aprender com as marcas e empresas que atuam no segmento.

Em uma ótica mais ampla – e da qual compartilho –, luxo é ter conhecimento. Trata-se de um saber adquirido, desenvolvido e transmitido através dos tempos e das gerações. O que faz marcas como Hermès, Louis Vuitton, Porsche, The Peninsula, Rolls Royce, Nobu, Patek Phillipe, Cartier, Chanel e tantas outras serem tão especiais não é apenas o glamour que as envolve ou a excelência dos produtos e serviços que vendem.

O que elas têm de mais valioso a oferecer é o seu extremo conhecimento sobre aquilo que se propõem a fazer. Um saber conquistado por décadas e traduzido em itens que, por sua perfeição, tornam-se tão desejados.

Seus artesãos, costureiros, engenheiros, arquitetos, designers, chefs, enfim, são detentores de um poder mágico, capaz de transformar materiais simples como o couro, o aço, ou mesmo um ato de servir em experiências inesquecíveis.

Tudo, portanto, se resume a uma palavra: conhecimento. Conheça aqui um jeito novo de enxergar o luxo. Compartilhe comigo suas experiências e venha para esta conversa onde  aprenderemos juntos a decifrar este mundo deslumbrante do mercado de luxo. Até a próxima!

Fabiano Mazzei

Fabiano Mazzei é jornalista especializado em mercado de luxo, diretor e fundador do portal Business Luxo (www.businessluxo.com.br) e autor da coluna “Vamos Falar de Luxo?”.
Escreva para ele no mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Siga o site também nas redes sociais:

Twitter: @BusinessLuxo


Bespoke.Life

*
 

redes sociais